Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Arrepios de satisfação

Não consigo imaginar coisa melhor do que “viajar” a penantes por uma Edimburgo gelada (a –2C) mas bela de arrepiar. Roupa até às orelhas, agarrado a um livro de um gajo chamado Pollock; isto enquanto ouço o Dawkins (em audiobook) a descascar nos amantes do deus único e a gabar-se que é o único detentor da verdade verdadinha (o que faz dele o deus único, talvez, pois só o deus único é omnisciente, acho eu). Enfim, um mimo! Esta é minha terra. Nunca mais me quero ir embora. E daqui a uns dias vou ainda mais alto, às highlands! Mal posso esperar. Pareço um puto na véspera de Natal (ou um virgem na perspectiva de deixar de o ser).

Ah, antes disso talvez um pulinho à grande metrópole. Quem sabe se a Isabel, a 2, não me convida para um Earl Grey.

Estou: ansioso
Sonoro: how long must I wander - Nina Simone
Filosofado por No mercy às 00:39
Link do post | Filosofar | ver Filosofemas (2) | favorito

*Filósofo diletante

*Pesquisar no blog

 

*Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

*Recentes

* Arrepios de satisfação

*Arquivos

*tags

* todas as tags

blogs SAPO

*subscrever feeds