Domingo, 16 de Dezembro de 2007

partidas/chegadas

A existência é feita de partidas e chegadas. Partimos num segundo e chegamos noutro. Partimos num ponto e chegamos noutro. Assim é viajar no tempo, no espaço ou em outras quaisquer dimensões em que haja existência em movimento. A vida é uma duração finita de partidas e chegadas. Era interessante saber em vida como parar este ciclo de partidas e chegadas, atrasá-lo, adiá-lo, manipular dimensões como deuses. Mas isso não parece estar ao nosso dispôr, pois parar o ciclo iria também parar a nossa forma de existir.

 

 

 

Parto agora para o sono e o sonho. Espero chegar amanhã ao acordar. Depois apanho o avião e vou para casa.

 

Estou: Mandarim
Sonoro: John Mellencamp - Human Weels
Filosofado por No mercy às 23:23
Link do post | Filosofar | favorito

*Filósofo diletante

*Pesquisar no blog

 

*Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

*Recentes

* partidas/chegadas

*Arquivos

*tags

* todas as tags

blogs SAPO

*subscrever feeds